grupo -grafia

estudos da escrita

40 anos de A hora da estrela – dos menores, o melhor livro do mundo

 

A Fólio: Revista de Letras dedicou seu mais recente número aos 40 anos de A hora da estrela, o derradeiro livro publicado em vida por Clarice Lispector, que morreu em dezembro de 1977. Em meio aos ensaios da coletânea, assinados por um seleto grupo de leitores claricianos, encontra-se o texto do professor Sérgio Antônio Silva, intitulado “40 anos de A hora da estrela – dos menores, o melhor livro do mundo”. Trata-se, segundo o professor, de uma leitura não exatamente (ou somente) do texto de Clarice, mas, antes, de uma análise do livro como objeto – no caso, da edição comemorativa, publicada pela Rocco, dos 40 anos de A hora da estrela, cujo projeto gráfico, assinado por Izabel Barreto, baseia-se nos manuscritos da autora. Letras, linhas, traços, desenhos compõem aquilo a que o professor chamou, em seu ensaio, de “a ética da mão”. Enfim, a proposta é pensar o livro (ou a literatura, ou, ainda, a escrita) e a leitura como um encontro entre dois (ou mais) corpos-a-escrever, um encontro sempre pulsante, pujante, perto do coração selvagem da vida, pois, como diz Paloma Vidal em seu prefácio à edição comemorativa: “É difícil pensar num efeito mais forte da escrita do que o de poder estar em outro lugar”. A seguir, o link para a revista Fólio para o ensaio do professor Sérgio.

Edição comemorativa de “A hora da estrela”, Editora Rocco.

SILVA, Sérgio Antônio. 40 ANOS DE A HORA DA ESTRELA: DOS MENORES, O MELHOR LIVRO DO MUNDO. fólio – Revista de Letras, [S.l.], v. 9, n. 2, fev. 2018. ISSN 2176-4182.
Disponível em: http://periodicos2.uesb.br/index.php/folio/article/view/2795

 

Anúncios

Informação

Publicado em 21 de fevereiro de 2018 por em Design, Editorial, Publicação.

Navegação

%d blogueiros gostam disto: