grupo -grafia

estudos da escrita

26º Prêmio Design Museu da Casa Brasileira

Uma dissertação que vai muito além do esperado. Da escolha de uma área crucial para o design – a tipografia, passando pela busca por um tema atual, porém ainda pouquíssimo explorado em trabalhos teóricos – a tipografia multiescrita, até chegar à efetiva proposta de um texto rigoroso, conciso e prazeroso, encontramos, no percurso de Faces e fontes multiescrita: fundamentos e critérios de design tipográfico, a dissertação de Sérgio Luciano da Silva que acaba de receber menção honrosa no Prêmio Design do Museu da Casa Brasileira, uma ética do design tipográfico. Afinal, o que está em jogo, ali, é justamente a necessidade de, nessa prática multiescrita, se compreender e, consequentemente, respeitar (mesmo no âmbito da reinvenção, da ressignificação) traços históricos e culturais de um povo, uma civilização, por meio da tipografia. Parece-nos ter sido justamente isso o que, para além das questões técnicas e da excelência da escrita do autor, o júri do concurso percebeu e relevou na dissertação.

Um livro por vir. Sérgio Luciano, com sua formação em Filosofia, é um pensador que tem uma habilidade singular com a escrita e a uma vontade tenaz de comunicar, transmitir seus conhecimentos. Daí podermos, certamente, esperar dele um livro extraído da premiada dissertação, pois esta é realmente uma área carente de estudos e publicações. Editores do mundo, estejam atentos!

Eu, que tive minha formação em Letras, e que, vindo para a Escola de Design da UEMG, deixei cair o s e passei a me dedicar ao estudo da letra, considero-me privilegiado por ter encontrado, já de início, um sujeito que, como eu, tem justamente na letra que, em curvas, cai, o começo de seu nome. E não só, seguimos juntos letras afora, do Sérgio ao Silva. Por isso, e por conhecer (um pouco, pelo menos) a capacidade criativa desse meu xará, posso garantir que outras tantas letras virão compor essa nossa trajetória tipográfica. Para ele, agora, nesse momento (mais do que merecido) de premiação, meus parabéns.

Sérgio Antônio Silva. Prof. Doutor da Escola de Design – Universidade do Estado de Minas Gerais

Clique aqui para conhecer o trabalho na íntegra.

O trabalho, muito bem elaborado, traz um tema ainda pouco explorado nas pesquisas acadêmicas: a tipografia. A partir de uma extensa revisão bibliográfica, a tese de mestrado propõe novos critérios para a criação de fontes em mais de uma escrita. Considera seus aspectos estéticos, ópticos e de legibilidade, leiturabilidade, percepção e compreensão. Vai além das questões técnicas e explica como recuperar as variações presentes nas escritas antigas, que se perderam ao longo do tempo devido a recursos de reprodução limitados. – Parecer do juri do Museu da Casa Brasileira.

Informação

Publicado em 23 de novembro de 2012 por em Design, Evento, Multiescrita, Publicação, Tipografia.

Contato

grupografia.contato@gmail.com

 

Parceiros

%d blogueiros gostam disto: